terça-feira, 30 de outubro de 2007

E a espera continua...

Continuamos na espera da tão sonhada carta com o pedido de exames médicos.
Não sei se tem a ver com o final de ano, quando passamos a analisar nossas realizações no transcorrer do ano que se finda e planejar mudanças e melhorias para o ano que logo se inicia, mas a ansiedade para uma notícia parece pior nos últimos dias. Já se passaram um ano e um mês desde o início do processo de imigração e, nesse período, a vida fica meio estagnada, esperando pela radical mudança. Deixamos de comprar certos eletrônicos, certos eletrodomésticos, coisas para casa e mesmo para nós, pois em breve (esperamos que muito breve) estaremos nos desfazendo das coisas que temos. Também não podemos planejar muito sobre a vida lá no Canadá, pois não sabemos se chegaremos lá no inverno ou no verão, onde iremos morar (o que depende de onde encontraremos trabalho e estudo).
Iniciamos o processo com a idéia de ir para a província de Nova Scotia, mais especificamente Halifax, pois não queríamos ir para as maiores cidades (Vancouver ou Toronto), como a grande maioria. Pensamos que indo para um local não muito procurado por imigrantes teríamos maior atenção do governo, no que diz respeito aos benefícios aos "new comers" e também pela qualidade de vida de morar num lugar menor, perto do Atlântico, e tão cheio de belezas naturais. Não que as outras localidades também não tenham tanta beleza natural quanto lá, mas imaginamos que as outras capitais estariam "abarrotadas" de imigrantes.
Mas no transcorrer do processo mudamos de idéia e passamos a considerar nossa chegada na região da Grande Toronto mesmo, mas ainda pretendendo morar numa cidade menor, mais tranqüila, porém perto de Toronto, pois no início precisaremos estar perto do centro de uma grande cidade, devido a tantos documentos que teremos que providenciar, abrir conta em banco, cursos de línguas, o que deve ser bem mais difícil de se fazer numa cidade muito pequena, sem contar com a oferta de emprego que, normalmente, é proporcional ao tamanho do local.
Temos amigos vivendo numa pequena cidade perto de Toronto (uns 40 minutos) que nos incentivaram desde o início a aplicar para o processo de imigração e também nos ofereceram o apoio que fosse possível na nossa chegada lá. Também mencionaram que o calor humano e o contato com amigos faz toda a diferença no processo de adaptação e na dificuldade de começar uma nova vida num país diferente, longe dos familiares... Então, a princípio iremos para perto deles, mas depende de arranjarmos trabalho lá, pois não queremos gastar muito tempo e dinheiro na locomação entre casa e trabalho.
Mas ainda assim, constantemente ficamos em dúvida de qual local devemos ficar em definitivo, passando até a considerar a possibilidade de viver em Quebec, devido à grande ajuda do Governo, benefícios incontáveis ao imigrante e maior facilidade para os estudos, o que passei a considerar após acompanhar a chegada do Evaldo e Sandra, em Quebec (Bienvenues chez Sandra et Evaldo). Não dá para acreditar como tudo tem dado certo para eles, ou melhor, tenho certeza que as coisas têm ido tão bem para essa família, pois têm sempre buscado a orientação de Deus para tudo o que vão fazer e isso faz toda a diferença...
Assim, as dúvidas continuam...quando iremos, para onde iremos, onde ficaremos, mas tenho certeza que na hora certa as coisas se arranjam e, é claro, também buscaremos em Deus a resposta para todas as nossas dúvidas, uma de cada vez, cada uma ao seu tempo...

3 comentários:

Raquel disse...

Oi, João Pedro, Analucia e Amanda.

Nos somos um casal de Teresina, eu sou arquiteta e meu marido de TI,estamos entrando agora pela etapa de paciência pelos exames médicos.

Nos tb estamos pensando sobre morar em cidades pequenas, não abro mão delas porque acredito que sera bem mais fácil a adaptação.

Gostaria de manter contato com vcs para trocarmos ideias de quais seriam as melhores cidades, nos ja temos 2 em mente na provincia de Ontario e estamos pensando em apostar nelas para a nossa chegada.

Vou add o blog de vcs ao nosso

Grande abraço
Raquel & Daniel

http://www.numafria.com

Ninha disse...

Olá, sejam bem vindo ao mundo do blog. Somos um casal tb entrando com o processo federal.A única diferença é que meu marido ja viveu la 3 anos e veio embora para casarmos. Mas como a situação aqui esta pessima, ele que ama aquela cidade , me fez encantar tb e agora nossos sonhos e objetivos se voltam para la.
Boa Sorte,
Ninha & Familia

Fer & Rê disse...

Olá!!
Encontrei o blog de vcs por acaso num destes "passeios virtuais" de final de semana.
Comentando um pouco sobre "onde é melhor começar uma nova vida" aconselho seguir onde a oportunidade surgir... existem prós e contras de morar em cidades menores, mas realmente esse casal de amigos que sugeriu começar perto de Toronto está com razão! Para dar início nessa nova fase é melhor ficar numa cidade onde vc possa se locomover com mais facilidade,ter amigos em que possam lhe dar apoio ( que é muito importante) e o resto virá naturalmente... emprego, escola para Amanda...
Dificuldades são inevitáveis todos nós teremos no início de adaptação mas esperamos que sejam mínimas, né?
Adicionei vcs em nosso blog. Se quiserem acompanhar nossa jornada fiquem a vontade!
Um abraço e muita calma neste começo!
Fernanda